Tamanho da letra A + A -

Reflexões sobre o isolamento social: Rede de Apoio

Instituto JNG

Todos nós construímos ao longo da vida a nossa própria rede de apoio. Nessa fase de isolamento social é preciso pensar em quem faz parte dela, porque podemos precisar acioná-la de uma hora para outra. Podem ser os familiares mais próximos, amigos, terapeutas, médicos, professores de educação física, música, arte, colegas do trabalho. Se você não tem, não se desespere, agora é a hora de construí-la. Quem você pode incluir nela? Fale com essas pessoas. Em toda e qualquer situação de emergência, situações que não conseguimos antecipar, além de nossos próprios recursos devemos acionar nossa rede de apoio, pedir ajuda. Coisas e situações desconhecidas são uma oportunidade para aprender, para se informar, para ouvir nossa intuição, para improvisar, tudo é válido para que possamos lidar o melhor possível com o desconhecido. Mesmo com um pouquinho de medo, siga em frente e pense que você tem uma rede de apoio se precisar. Não podemos prever e nem antecipar muitas coisas que a vida nos apresenta. A COVID-19 parece ter estimulado muitos pais de pessoas com deficiência a pensar no que acontecerá com seus filhos se eles tiverem que ser internados ou morrerem. Esse é pensamento que angustia muitos pais e é natural. O melhor a fazer com essa angústia é traduzi-la em ações para desenvolver a autonomia e a vida independente de seu ente querido. Aproveite e visite o site do Instituto JNG para conhecer nosso projeto para moradias independentes com suporte individualizado.

#ficaadica:A rede de apoio é uma construção, não acontece de um dia para o outro, vamos pensar no assunto? Reúna as pessoas que estão na sua casa, conversem sobre o momento em que estão vivendo e que ajuda necessitam. Comece listando pessoas que podem ajudar nas necessidades.  Agora mãos à obra, fale com essas pessoas, as convide para a rede de apoio. Não basta somente convidar, precisa criar vínculo, convivência. Por exemplo, se eu sou a pessoa que irei acompanhar minha mãe, no hospital em caso de suspeita de Covid-19, qual é o hospital que devemos ir? Onde estão os documentos? As pessoas que ficaram em casa, sabem preparar refeições, lavar roupas, cuidar da limpeza?

 

A sua doação vai além do valor financeiro,
ela apoia a conquista de autonomia de pessoas com deficiências.

Clique aqui para doar Veja os produtos da campanha