Tamanho da letra A + A -

JNG PROMOVE WEBINAR SOBRE MORADIA INDEPENDENTE

JNG PROMOVE WEBINAR SOBRE MORADIA INDEPENDENTE

Evento aborda o modelo do Instituto e formação de grupos-pilotos


O Instituto JNG promove o webinar gratuito “Formação de grupo-piloto de moradias independentes do JNG”, no dia 10 de julho, às 11h, no zoom. Flavia Poppe explicará como funciona na prática o modelo do Instituto, as fases e forma de adesão ao grupo-piloto, e o papel do JNG como gestor e articulador. Quem se interessar, poderá se inscrever para participar do grupo-piloto e seguir no processo.

O objetivo é formar grupos-pilotos com até 12 jovens adultos com deficiência, para viabilizar a primeira moradia independente do Brasil. “A princípio em São Paulo e no Rio de Janeiro, onde já há famílias mobilizadas. Mas estamos mapeando interessados em todo o Brasil  para conversarmos e avaliarmos juntos a possibilidade de projetos locais.”, afirma a fundadora e diretora Flavia Poppe.

No webinar, Flavia irá abordar temas como importância do tipo e localização de imóveis, número ideal de moradores, seleção, perfil e capacitação de profissionais, metodologia,  “home support” (que funciona 24hx7), programa personalizado (contratado à parte), instrumentos jurídicos, período e fases do grupo-piloto, adesão e responsabilidades, orçamentos e investimento.

O Instituto JNG será mentor e coordenador do grupo-piloto, embasado em sua trajetória e conhecimento sobre a estruturação, organização, financiamento e operação de moradias independentes para pessoas com deficiência, principalmente a deficiência intelectual. “No final de 2018 lançamos o projeto-piloto. Ao longo de 2019 estruturamos processos e protocolos de serviços do "Home Support" e do Programa Personalizado (P.P.), e debatemos sobre a fundamentação jurídica que garante a segurança necessária para todos os envolvidos. A formação do grupo-piloto acontece no momento oportuno.”, comemora Flavia.

A partir de um acordo de cooperação técnica com a organização britânica Ability Housing em 2011, o Instituto JNG adaptou à realidade brasileira os instrumentos e método para o desenvolvimento de programas de apoio individualizado. Já a formalização jurídica entre as partes do projeto de moradia independente (condomínio, proprietário, inquilino, prestador do serviço de apoio comum, prestador do serviço personalizado) foram estudados e modelados em parceria com a Fundação Getúlio Vargas. A parceria do Instituto JNG com o Laboratório de Assessoria Jurídica ao Mercado de Capitais da FGV permitiu ainda o desenvolvimento de soluções de captação de recursos via emissão de debêntures com cláusula de impacto social (Instrução 588 da CVM).

Desde sua fundação, em 2013, o Instituto JNG defende a causa das moradias independentes para pessoas com deficiência intelectual. Ao longo dos anos, direcionou seus esforços para a sensibilização do poder público, do mercado, dos jovens com deficiência e seus familiares.  “Qualquer pessoa pode morar sozinha ou com alguém de sua escolha -  o que varia é o número de  horas de apoio profissional dedicadas ao desenvolvimento de suas habilidades para conquistar autonomia e vida independentes.”, conclui a presidente do JNG.

 

“Formação de grupo-piloto de moradias independentes do JNG”

10 de julho, às 11h, no zoom. Vagas limitadas.

Inscrições gratuitas: https://bit.ly/WebinarJNGGP

 

Para saber mais sobre o modelo de moradias independentes do Instituto JNG: www.institutojng.org.br

Colabore com a campanha #forçajng : https://www.catarse.me/institutojng

Mais informações: comunicacao@institutojng.org.br



 

A sua doação vai além do valor financeiro,
ela apoia a conquista de autonomia de pessoas com deficiências.

Clique aqui para doar Veja os produtos da campanha